Um Presente para Ser Feliz

     As pessoas pensam na felicidade. E a grande maioria pensa o que traz a felicidade é ter muito dinheiro, festas, carros modernos, morar em mansões, roupas caras e nas viagens longas pelo mundo afora.

    Então, desta maneira alguns conseguem ter muito mais do que isto, só que acabam sendo mais infelizes que os mendigos que também sonham para ter tudo, lutam de diversas maneiras e não conseguem, passam a lastimar até chegar ao ponto de revolta. O que será daquele arquibilionário que chega ao mesmo ponto do mendigo, porque igual a ele está solitário que se afastou de todos com medo de perder a sua vultosa fortuna e o mendigo também termina só na sua solidão, de ódio e de revolta.

    A felicidade, na verdade, é a coisa mais fácil de conseguir, o difícil e mantê-la. Os arquibilionários começaram com a felicidade, mas quando a ganância vem; tudo se ganha e tudo se tem, mas para ter tudo isto tem que perder a felicidade.

    O mendigo começa também com a felicidade em ajuntar os tostões, e vai alegre neste caminho com a ganância de querer mais e de um modo rápido, também se complica.

   Para construir a felicidade é muito fácil é ter "FÉ", para isso é preciso ter Paciência. São duas coisas importantes que todos têm que construí-la dentro do seu intimo é ali que será sempre a caixa forte da felicidade.

   Preste bem atenção nunca será feliz, se não aprender a trabalhar com a mente. É na nossa mente que a felicidade gosta de estar, querem saber por quê?

    É a mente que distribui toda essa energia para todos os órgãos, ossos, nervos e para o sangue, dai passamos a ter o equilíbrio total do nosso corpo, podemos viver bem, e sermos bem vividos.

    Termos tudo de bom que queremos bem mais fácil dos arquibilionários que são mendigos superiores e os mendigos dos tostões que são os arquibilionários inferiores.

    Quando não estamos felizes não é o conforto, a boa alimentação, as bebidas e morando em mansões ou dormindo no chão duro, não ter nada para comer, não ter o direito de ter o amanhã, os arquibilionários e os mendigos são iguais porque não sabem ser felizes.

    Temos que aprender gente! Que para sermos felizes teremos de começar pela nossa mente e fazê-la ser contente e confiante.

    É simples como fazer, já citei muitas vezes do Magistralem Speculum, ele passa para a nossa mente a autoconfiança.

    Paso um exemplo, eu tenho um grande amigo que se diz ser um "ateu convicto". A sua vida chegou ao pior ponto que um ser humano podia chegar e que nunca desejaria chegar lá e ele chegou foi quando resolveu vir conversar comigo, escutei-o atentamente e falou que até o suicídio não deu certo, me mostrando as cicatrizes nos dois punhos, eu olhei para ele e vi que estava com vontade de chorar e de ser ouvido no que ele estava passando, então dei a ele um presente: o meu Magistralem Speculum.

    A partir daquele dia ele passou a usá-lo, se passando um ano ele voltou a sorrir e a contar piadas que é uma das coisas que ele mais gosta de fazer, hoje ele olha para mim e fala: "A minha felicidade devo a você!".