O Conceito da Luta e do Esforço

    É comum as pessoas falarem assim: "a minha vida sempre foi uma grande luta que não acaba. Na minha caminhada só tem obstáculos e intransponíveis", quero dizer que tudo vem de uma educação, elas passam então a lamentar as dificuldades diárias, só que essas lamúrias vão gravando-se na consciência delas, como consequência, acabam tendo mais lembranças de dor e de sofrimento.

     É muito comum acontecer isso, essas pessoas tiveram dias maravilhosos, mas as dores da derrota fazem esquecer-se destes momentos felizes e quando se lembram deles ficam furiosas. Sim, é verdade, é muito comum na vida dos seres humanos a combinação do prazer e da dor, dos dois sempre predomina um.

     Nós ensinamos que a vida sempre está nos dando grandes oportunidades e nem sempre sabemos aproveitá-las, alias àquelas que aproveitam trazem horas maravilhosas que realmente nos deliciam, porém são esquecidas rapidamente, porque as preocupações financeiras e/ou familiares tomam conta de seus pensamentos e aqueles que marcaram de dores, são difíceis, nós sabemos que sim, é o medo de passarem por momentos piores e assim as felicidades que tiveram vão embora.

     Muitos já me perguntaram se a vida era sempre dolorida desta maneira e sempre respondi que não, que a vida é bela, só que nós devemos amá-la de um modo diferente, tendo uma grande consciência que o certo é viver do prazer e também da dor procurando usar o nosso "livre-arbítrio" – aquele que nos traz o prazer.

     Para isto terão que tomar consciência do básico que a vida não é uma "luta", e daqui por diante passam a dizer que é um "esforço", essa é a palavra mais correta, à vida exige muito mais esforço do que luta.

     Sabemos que todas as celebridades tiveram que dedicarem-se mais esforços para chegarem ao lugar que chegaram.

    E este "esforço" nos acompanha no nosso dia-a-dia, dando-nos melhores condições, por ser uma simples palavra positiva e a "luta", é totalmente negativa.

     Por certo já perceberam que há uma diferença enorme entre essas duas palavras entre os conceitos de "luta" e "esforço". O conceito "lutar" leva a pessoa a pensar que só tem que lutar e chegará à conclusão que deverá derrotar todos que aparecerem em sua frente.

     Agindo dessa maneira, nunca terão amigos porque, também, da mesma forma estarão lutando para conseguir e normalmente seria um inimigo. Isto significa que não é apenas a inércia das coisas que teriam que vencer, mas uma inteligência que se defende e também ataca.

     É bom que fique sabendo que o "esforço", que o próprio nome já diz, é puramente "ação" que todos nós, seres viventes, exerce para chegar a um aprimoramento em todos os sentidos.

     Não estamos falando apenas como se fosse um jogo de palavras, e sim, mostrando os lados positivos e negativos dessas palavras, e assim mostrar a você e a todos os seres humanos esta dúvida, porque a vida não é nada fácil, no entanto, na verdade, desejássemos que fosse bem mais fácil.

     É a realidade. Só que temos uma grande parte dos seres humanos que se expressam dessa maneira e essas palavras vem contribuir para que possam surgir novas ideias que acabam dando grande oportunidade de mudar os hábitos que aprimoram a visão e o modo de agir de cada um.

     Pense comigo, é só saber que temos que lutar contra pessoas que também se defendem e nos atacam.

     Já o ânimo não é o mesmo inimigo invisível que se faz presente numa luta mortal – você ou outro. Agora, o esforço nos dá uma grande condição de não vermos o inimigo e sim de encarar o momento com muita serenidade, para tomar as medidas certas e inteligentes.

     Está observando que as palavras têm o seu valor!

     Atente na grande diferença, na sua vontade que toma conta quando se defronta com essas duas palavras "luta" e "esforço".

     Realmente, a primeira, irá encontrar tudo aquilo que falamos acima – só grande dor, porque sempre estará sendo obrigado a lutar e essa luta destrói os seus mais belos sentimentos, luta porque tem que lutar e o medo de piorar o pressiona, então passa a agir, por não ter o que comer.

     Esse medo terrível faz com que se transforme em guerreiro da sobrevivência. Guerreiro que não sabe o que quer.

     O esforço é calmo, tranquilo e de muita paz, tudo que faz é por vontade própria, sem medo de errar e faz tudo com alegria e muita vontade de viver bem, consigo mesmo e com os outros, tudo o que faz é com o prazer de servir.