Ramalhete

    Quando encontramos um ramalhete de flores, é muito bonito.

    Mas quando encontramos um ramalhete de seres humanos que tem o mesmo ideal, é fabuloso. Encantador!

    Sabemos que estes ramalhetes em suas caminhadas, com certeza, irão se formando mais ramalhetes porque com as suas sabedorias que foram deixados pelos caminhos que passaram, deixaram sementes que germinaram para levar a beleza, a harmonia, o amor, a família e a paz de Deus.

    Existem muitos, na verdade não sei quantos que já brotaram e onde caminham deixando sementes férteis, só sei que formam mais de milhões de ramalhetes brotados e todos são muitos felizes ao saber que o objetivo é levar a Paz de Deus.

    Perto de mim, aliás, bem pertinho de mim, tenho um ramalhete que eu adoro que é a minha esposa Nilza Invernizzi Lopes e os meus filhos: Andréa Maria Lopes Leite, Ângelo Invernizzi Lopes e Adriana Lopes e tenho mais um outro ramalhete que com muito orgulho irei apresentá-lo.

    Irei dar os nomes dos meus ramalhetes que são os Mestres e Mestras: José Ianni (93), Vitório Marcolino (61), Izabel Aparecida Borin (50), Maria Iselda Moda Ferreira Caetano (56), Ligia Monteiro da Silva (55), Izilda Aparecida Ficher (44), Sandra Regina dos Santos (45), Maestro Osmar Rubens Jeycic (71), Lécio Rodigues Geraldo (51), Neide da Silva Freitas (55), Luiz Sergio Feiteira (61), Nelismar Jeycic (44), Gloria Maria (64), Paulo Roberto Gomes (53), João Casemiro Saiori Pires (58), Catarina Irene Schmitz (58) e muitos outros que vem brotando por onde passamos; por exemplo, na cidade de Serrana: o Mestre Antonio Luiz da Silva Garcia (52), a Mestra Tania Rita Costa Garcia (53) e a mestra mais nova Carla Costa Garcia (25) e nas cidades de São Joaquim da Barra: Mestre Edvaldo Nicácio da Silva (45), de Orlândia: Mestra Neusa Merigo (61) e na cidade de Patrocínio Paulista: o Mestre Roberto Barreto Katizuno (72) e a Mestra Sandra Fonseca Benedetti (46).

    Aos poucos vou citando as pessoas que vem brotando e se preparando para caminhar e enfeitar a nossa vida dentro do "Amor Entre os Povos" e onde temos orgulho de sermos filhos dos Meteoros.

    Os ensinamentos do "Amor Entre os Povos" sempre foram ministrados por mim e o último que estou aplicando o seu título é: "Somos Filhos dos Meteoros". Mas hoje, já tenho auxiliares que são: a Mestra Catarina Irene Schmitz (58) professora das aulas de Bioenergia e a Professora Mestra Maria Iselda Moda Ferreira Caetano (56) que ministra aulas de Magnetismo e Bálsamo e outros ainda que estão sendo preparados.

    O Mestre Vitório Marcolino (61) é quem cuida sobre a vida espiritualista e da nossa religião é a Mestra Izabel Aparecida Borin (50); quem ministra aula de canto/coral é a Mestra Ligia Monteiro da Silva (55) e o Mestre e Maestro Osmar Rubens Jeycic (71) com os Trabalhos Musicados e eu com a grande colaboração da Profª Izabel Cristina Marcolino Pires (45) ministramos um Curso de Artes em recicláveis e artesanatos.

    Cursos de Pinturas para as mães terem maiores condições financeiras, com pintura em tecido as aulas são dadas pela Mestra Celia Tonini de Almeida (70), o Teatro aulas com a mestra Sandra Regina dos Santos (46) e a Mestra Arizolete Cardoso Pereira (54) que em todos os nossos eventos faz petiscos deliciosos.

    Enfim, todos os meus Ramalhetes o que eles mais gostam de fazer é ensinar, puxaram por mim.