Presentes de Deus

     "Se fores paciente num momento de ira, escaparás a cem dias de tristeza", provérbio Chinês.

      Para ser um grande vencedor é preciso aprender a ser um espiritualista.

      Quando ainda estamos no ventre materno ganhamos de Deus dois presentes: o Livre-arbítrio e o dom de sermos artista.

      Ser espiritualista é aplicar em nossa vida esses dois dons para que possamos dar nossos primeiros passos em busca do sucesso, mas o espírito comum da nossa época é a falta de confiança própria; sabem por quê? Porque não aprendemos a usar o Livre-arbítrio e a ser um ótimo artista, presentes esses que ganhamos de Deus.

      Já perceberam que todos os seres humanos confiam mais nos outros do que em si mesmos? Uma, por ser a atitude mais cômoda e a outra, porque o atual sistema educativo e religioso conduz o indivíduo a assim proceder.

      Para readquirir a confiança perdida o Espiritualismo aconselha-nos a vir aprender o que é básico na vida o "Amar e Respeitar" a si mesmo e às pessoas que nos rodeiam, assim, aprendermos a trabalhar em equipe e quando necessário individualmente, pois todo espiritualista tem autoconfiança por saber o que quer e ir atrás para conquistá-lo.

      A humildade é uma nobre virtude, mas quando exagerada converte-se num vício tão prejudicial como qualquer outro. Devemos ser humildes sim, mas antes de sê-lo devemos aprender o que é ser humilde.

     Ser humilde não é aquela pessoa boazinha que sempre tem uma palavra de consôlo. Ser humilde não é aquela pessoa que mesmo que esteja certa, abaixa a cabeça para o errado e perdoa. Ser humilde é aquele que luta pelos seus ideais e que não tem medo de acertar ou errar e se errar levanta a cabeça e parte para consertar o seu erro.

     O espiritualista sabe ser amigo, pai, filho, chefe, patrão e esposo, como a espiritualista sabe ser sempre companheira, compreender, ajudar e dividir com o esposo, com a família e ser sempre bonita por dentro e por fora.

     Jesus foi o maior espiritualista de todos os tempos, quando curava alguém enfermo nunca dizia "Eu te curei ou te salvei", mas "A tua fé te curou ou te salvou", isso é que ser um espiritualista e saber usar o seu Livre-arbítrio.

     Ser espiritualista é também ser um grande artista, esse é o segundo presente de Deus, dado a todos os seres humanos, se começar aplicar o básico dos espiritualistas, terá que ser um artista completo: ator, artista plástico ou cantor (mesmo que seja de banheiro).

     Assim terá que vir aprender o estudo do Recanto que o levará ao êxito completo, pois todo bom espiritualista é um grande líder, amigo e companheiro, tudo começando pela sua caminhada profissional, familiar etc., será um vencedor, pois soube ter uma vida bem vivida, soube aproveitar todos os momentos de sua vida.

    Quando não conseguimos encontrar tranqüilidade dentro de nós mesmos de nada serve procurá-la noutro lugar, para nos salvar existe o caminho da Espiritualidade.

    Então, venha conhecer este modo de viver tão velho, que apareceu na formação de nosso planeta e até hoje, poucos sabem, que tudo começa pela Fé.

    Assim termino este pequeno relato com um pensamento de minha autoria:

    "Se fizeres um favor, não recordes;

     Se receberes um favor, nunca o esqueça".