Como Ir ao Encontro da Paz e da Felicidade

O nosso querido planeta Terra é um atestado irrefutável da germinação de pensamentos semeados por mentes negativas, porque todos os pensamentos mal elaborados, mal-intencionados e mal dirigidos, condensam e transformam-se em chuvas, acompanhadas de raios e trovões inundando regiões consideráveis, transbordando rios e causando uma série de destruições.

O nosso planeta está confuso, cheio de ódio e vingança, são mentes que constroem monstros horripilantes, que estendem os seus gigantescos tentáculos a procura de asfixiar o resto da humanidade.

Esta humanidade que não sabe analisar a palavra “Amor” foi pouco a pouco sendo intoxicada pela ilusão, pela mentira e pelo ódio, hoje, se contorce nos horrores da maldade, da mentira e da convulsão das guerras.

Nós, do “Amor Entre os Povos”, mais do que nunca, sabemos quão poderosa é a força do pensamento, também que precisamos aplicar nos estudos do Recanto e do conjunto do Magistralem Speculum” (formado pelo Magistralem, Cordão do Amor e Plaqueta de Cobre), a fim de purificarmos o máximo possível, a nossa mente.

A inveja é um grande mal, traz para os invejosos grandes aborrecimentos e no estudo do Recanto e do conjunto do Magistralem”, aprendemos a não invejar, mas sim, transmitir sempre alegria as pessoas para serem felizes, agimos no sentido de aumentar-lhes a sua felicidade, compadeceremos do sofrimento alheio e desejamos ardentemente aliviar a dor das pessoas que nos procuram.

Isto é a verdadeira caridade e o verdadeiro amor; agindo assim estaremos encontrando a nossa felicidade e iremos ao encontro do caminho da “Paz”.

A riqueza deve ser utilizada sempre para o bem pessoal e de sua família sempre sendo muito bem aplicada, devemos compreender que as riquezas do mundo são a projeção da Imagem Verdadeira, isto é, do reino de Deus.

Por isso a riqueza não deve ser acumulada para satisfazer a cobiça e nem deve ser esbanjada, ela deve ser utilizada com um sagrado objetivo: o de manifestar as maravilhas do mundo de Deus neste mundo dos fenômenos.

Devemos sempre utilizar a riqueza para a formação da família em sentido futuro dos filhos ou dos pais, enfim, para fins construtivos, em vez desta riqueza ser apenas acumulada ou mesmo desperdiçada.

Aplicando devidamente o conhecimento adquirido e os ensinamentos do espiritualismo dentro do “Amor Entre os Povos”, para despertarmos ideias nobres e altruístas.

A aplicação destas instruções fará com que nos tornemos aptos para o desempenho de nossa missão na Terra, pois, aprenderemos a educar a nossa vontade para o bem e para o belo, em suas mais altas manifestações e a dominar a nossa natureza inferior, transformando-a num instrumento dócil e de sabedoria.

Cultivando estes ensinamentos, abriremos novos horizontes e veremos a vida por um prisma diferente.

Todos os adeptos do “Amor Entre os Povos” devem tornar-se um instrumento de “Paz”, porque fazendo parte desta filosofia religiosa que ensina o domínio das emoções, de refrear os impulsos instintivos, o domínio das horas de pesar e dos minutos de revolta nos instantes de prova, ensinamos também a orientação da mente para rumos elevados e a educação da vontade para grandes conquistas, todos tem o dever de se tornar um manancial de Paz, Amor, Saúde, Evolução Espiritual, Evolução Material, Justiça e Harmonia da mente com o corpo, para ter mais Fartura.

Então, todos devem estar sempre atento aos seus trabalhos mentais para ser a luz no meio da escuridão.

A primavera em nosso querido Brasil abre as suas cortinas com um aviso de que as frutas estão florescendo em todo o país e as flores das mais diversas qualidades, apresenta um palco deslumbrante, todo colorido e perfumado pelas flores primaveris, tudo isso dentro do meu Recanto e com a magia do conjunto do Magistralem Speculum, me coloco de pé dentro desta natureza e quando encho os meus pulmões, inspirando a perfumada brisa da primavera, sinto a emoção de “estar vivo”.