A Mente

       Todo espiritualista tem que cuidar de sua mente para que possa dar uma continuidade em sua caminhada espiritual e material, devendo ter um ótimo domínio sobre a mesma. Em nossos estudos temos que manter o nosso equilíbrio para que possamos manter-nos calmos e serenos, demostrando a nossa alegria de viver.

        O nosso corpo, que é o nosso físico, é simplesmente constituído por substâncias materiais, permitindo vé-lo por intermédio do espelho além de poder medi-lo e tocá-lo. Mas temos que procurar o que está se passando com a nossa mente, por exemplo, a ausência do desejo: aí tem algo errado, é que o nosso corpo não está tendo reações normais e com certeza o corpo esta desequilibrado com a mente e com os astros. Logicamente é porque o nosso corpo mental não está em equilíbrio com o corpo físico e assim sendo, não está recebendo alimento dos astros que estão emanando energias. Com isso, o corpo mental está carregado de preocupações, impedindo a passagem para o corpo físico, que fica sem receber as energias para caminhar, nadar e bloqueando os desejos dos mais variados, como a falta de sono, de apetite, enfim, estamos vivos e sem força para reagir. Mas este desequilíbrio do corpo mental, por não estar passando nenhuma energia para o corpo físico, origina o medo, a angústia e a cólera. Alguma coisa está errada, o físico está sem conexão com o corpo mental, a frieza se faz presente e aí pode acontecer o pior.

            Temos que tomar muito cuidado, o que pode causar este mal é que se perde a confiança sem si próprio podendo acontecer o inevitável.

            O que fazer quando chegarmos numa situação igual a esta? Teremos que aprender uma técnica simples, mas muito eficiente: colocar o corpo mental em conexão direta com o corpo físico. Os espiritualistas ensinam: procurar reagir da melhor maneira possível, aí vai o exercício para se conseguir.

 

Exercício

 

1.    Ficar em pé.

2.    Os pés afastados um do outro, mais ou menos, uma palma da mão aberta.

3.    Olhar bem para o ambiente onde se encontra.

4.    Sorrir.

5.    Pense o quanto você é importante.

6.    Volte a sorrir.

7.    Aspire pelas narinas (segure quanto puder) e solte pelas narinas (5 vezes).

8.    Aspire pelas narinas, (segure quanto puder) e solte pela boca (5 vezes).

9.    Enche os pulmões aspirando pela boca, (segure quanto puder) e solte pela boca (5 vezes).

10. Enche os pulmões aspirando pela boca, (segure quanto puder) e solte pelas narinas (5 vezes).

11. Aspire pela boca pondo a língua pra fora da boca, feito "cachorrinho", em seguida (25 vezes rapidamente).

12. Sente-se no chão (a reação será de alívio).

 

        Irá se sentir com muita coragem, estará pronto para superar todas as suas fraquezas que sentiu alguns minutos antes, e, pronto para caminhar e voltar a ser um vencedor.

     Encerro por hoje com um pensamento de um dos maiores espiritualista que passou pelo nosso mundo – Vitor Hugo: "Vivem somente aqueles que lutam.".