A Importância dos Idosos

Eu já sou um idoso, e é muito gostoso para mim, falar dos idosos. Ser idoso, é ser jovem, porque a sociedade necessita dos bons idosos, que tem muita coisa para dar para os adultos atuais e para os jovens.

Referente a política, antigamente os maiores políticos e que entraram para história, eram idosos, então, tinham elementos para dar ensinamentos ao público adulto e jovens da época que obtiveram ótimos resultados.

Os políticos atuais, hoje em dia, é uma mescla de idosos, de adultos e de jovens, o resultado é o que a gente vê, de que não há muita disputa entre as gerações, tem um estatuto a ser regido pelo candidato atuante, nos postos em que foram eleitos, ainda o estatuto interfere muito.

O que deveria ser feito é que todos os partidos fizessem uma reunião para atualizar os seus estatutos, com os idosos (teimosos), com os adultos (mais teimosos) e com os jovens (teimosos e ansiosos), assim, teríamos um estatuto de acordo com a nossa época. Este estatuto deveria ser mudado de dez em dez anos.

Os idosos perante a sociedade são uma geração ativa que estão sempre dispostos a ensinar, mas o idoso que se preza, também estão dispostos a aprender.

E os idosos na família, eu vejo que não há vagas em asilos e casas de idosos, os idosos estão lá, uns por motivo familiar, é que a família não aguenta as rabugices deles, e outros, por vontade própria, para dar condições maiores para os seus familiares, conheço muitos assim, eles saem, passeiam, até vão passar o fim de semana fora da cidade, às vezes, com a família, quando são convidados, vivem uma vida normal e a maior parte dos idosos, vivem em lamurias, que é uma pena.

Agora, mesmo na minha caminhada matinal ao passar pela praça, eu vi os idosos que estavam lá, eles falavam de amor, de belas pernas e de política, riam, eles sabem viver e vivem bem com a família, notei que estavam bem vestidos e úteis, e é isso que é importante.

Abraços de um idoso.