O Que o Espiritualismo Aceita

É um tema muito comentado, como diria a juventude: “badalado”, o espiritualismo aceita tudo que é de bom para o ser humano e reprova ao mesmo tempo, tudo que o ser humano faz de mal para o seu próximo, para o planeta e para o Universo.

Darei um exemplo para as mulheres e também para os homens, não façam cirurgias que venham a mudar o seu físico, porque nós entendemos que não adianta tirar as rugas, o importante é serem bonitos do jeito que são.

Hoje em dia existem homens e também mulheres, as mulheres em número maior, que pensam em ficarem mais belos, a nosso ver é em aplicar o tempo gasto quando fazem a cirurgia, em estudar a ética para que devamos colocar em pratica conforme o nosso amor, a ética bem aplicada e seriamente aplicada faz com que a pessoa perante os outros, passe a ser admirada pela sua educação e pela sua simplicidade de ser.

Um exemplo simples que vou citar, para que possa compreender melhor, uma pessoa conhecida passou por alguns sintomas físicos e um dos médicos falou que era a tintura do cabelo e ela ficou revoltada e veio conversar comigo eu disse a ela, para fazer o melhor, que parasse de pintar os cabelos, e assim ela fez, além de ficar mais bonita, também, teve um grande desenvolvimento mental.

Este pequeno exemplo já mostra-nos que na beleza o que resolve é sermos o que somos fisicamente e geralmente nos aperfeiçoando e cada vez mais melhorando.

Quanto aos implantes, o espiritualismo acha sim necessário e que faz muito bem a humanidade, porque todos nós, seres humanos, abusamos muito dos nossos órgãos e muito deles não aguentam a pressão e se enfraquece, podendo nos levar a óbito.

Bem, nós temos que nos cuidar e, se é o caso, tentar a troca do órgão doente para que possamos completar a nossa missão até o fim.

No entanto, tem aqueles que enfraquecem os órgãos, faz o transplante e vem a óbito, não foi à cirurgia que deu rejeição e sim, quando acontecesse isso é que a pessoa estava no fim de missão.

Se, Deus Todo Poderoso deu essa permissão de que os órgãos podem ser utilizados, só pode ser válido, então, nós espiritualistas, respeitamos os transplantes.

Porém, fica uma coisa no ar, deveria ter alguma pessoa que ajudasse os médicos, no lado espiritual e que poderia orientar aos cirurgiões se tal pessoa pode ou não fazer essa intervenção, ou se estaria em fim de missão, para não perder um órgão bom. Fazer o que?

Agora, existem cirurgias plásticas nos seios de mulheres, que têm eles grandes demais e precisam diminuí-los porque provocam problemas sérios cervicais, nesse caso, é aconselhável, não é por estética, agora é errado, mulheres que tem seios pequenos e quer aumentá-los para ter uma estética mais bonita, ela futuramente irá arcar com os prejuízos físicos.