Ramalhete III

Quando encontramos um ramalhete de flores, ele é muito bonito, mas quando encontramos um ramalhete de seres humanos que tem o mesmo ideal, é fabuloso é encantador!

Sabemos que estes ramalhetes em suas caminhadas, com certeza, irão se formar mais ramalhetes porque com as suas sabedorias que deixaram pelos caminhos que passaram, deixaram sementes que germinaram para levar a beleza, a harmonia, o amor, a família e a paz de Deus.

Existem muitos ramalhetes, na verdade não sei quantos que já brotaram e por onde caminham deixam sementes férteis, só sei que formam mais de milhões de ramalhetes brotados e todos são muitos felizes ao saber que o objetivo é levar a Paz de Deus.

Perto de mim, aliás, bem pertinho de mim, tenho um ramalhete que eu adoro que é a minha esposa Nilza Invernizzi Lopes e os meus filhos: Andréa Maria Lopes Leite, Ângelo Invernizzi Lopes e Adriana Lopes e tenho mais outro ramalhete que são os Mestres e Mestras do Amor Entre os Povos: Vitório Marcolino (65), Izabel Aparecida Borin (54), Maria Iselda Moda Ferreira Caetano (60), Izilda Aparecida Ficher (48), Sandra Regina dos Santos (49), Maestro Osmar Rubens Jeycic (75), Lécio Rodrigues Geraldo (55), Neide da Silva Freitas (59), Luiz Sergio Feiteira (65), Gloria Maria (68), Catarina Irene Schmits (62), da cidade de Serrana: Antonio Luiz da Silva Garcia (56), Tânia Rita Costa Garcia (57) e a mestra mais nova Carla Costa Garcia (29) e das cidades de São Joaquim da Barra: Mestre Edvaldo Nicácio da Silva (49), de Orlândia: Mestra Neusa Merigo (65) e da cidade de Patrocínio Paulista: o Mestre Roberto Barreto Katizuno (76) e a Mestra Sandra Fonseca Benedetti (50).

Aos poucos vou citando as pessoas que vem brotando e se preparando para caminhar e enfeitar a nossa vida dentro do “Amor Entre os Povos”, onde temos orgulho de sermos filhos dos Meteoros.

Enfim, todos os meus Ramalhetes o que eles mais gostam de fazer é ensinar, puxaram por mim.

Como Médium Clarividente, também sou Médium de Cura, que curamos através dos pensamentos, e conseguimos dos pacientes que tenham “fé” em si mesmo para se curarem e são curas importantíssimas de doenças gravíssimas e conseguimos que os nossos pacientes se curem.

Também são feitas orientações por mim, sobre o equilíbrio entre corpo, mente e espírito (vidas passadas), sobre a ajuda nas soluções de problemas de ordem espiritual e também no equilíbrio das emoções para atingir objetivos tanto pessoais como profissionais, através do Trabalho dos Meteoros, buscando a cura de sequelas de outras vidas e este trabalho já é realizado há muito tempo.

Este ensinamento vem da força espiritualista que somos nós do Amor Entre os Povos, onde eu oriento e ensino a termos uma maneira simples para tratar com a Lei da Atração, fazendo uso dos seguintes objetos para praticarmos nossos pedidos para as energias dos meteoros que são: primeiro: o Magistralem Speculum que é um espelho preparado com as energias dos meteoros; segundo: uma Plaqueta de Cobre também energizada pelas águas por serem da própria energia dos meteoros e o terceiro objeto: é o Cordão do Amor que é energizado pela corrente espiritualista dos cosmos.

E procedendo desta maneira temos resultados de cura em pessoas de todo Brasil até do exterior, são depoimentos maravilhosos de grandes sucessos; estes depoimentos vêm provar a força da “” das pessoas que conseguiram a sua cura, de tantas doenças que nem se podem imaginar, materialmente a evolução continua sempre levando para frente com Paz, Amor e Saúde, junto com os familiares.

O segredo é saber praticar os nossos ensinamentos e com a sua “fé” tudo muda, estas energias são lentas porque não são milagrosas, elas vem para ficar e melhorar as vidas dos praticantes fazendo evoluírem cada vez mais nas suas vidas e estas energias não se esvai.

Este trabalho de Cura é realizado todos os sábados, às 8h da manhã, no templo do “Amor Entre os Povos”, na Rua Augusto Severo, 596 – Vila Tibério – Ribeirão Preto, maiores informações pelo: site: www.aep.org.br e telefone: 16 3011-4785.

O lado material é muito importante igual ao espiritual os dois unidos só poderão acontecer o melhor. Nunca esqueçam tem que ter “”.