Magistralem Speculum - Esgotamento

     Há milhares de anos estamos nos debatendo com este terrível problema – o esgotamento.

     Milênios de anos atrás já existiam este grande mal, os homens terrenos, nossos ancestrais, tinham grandes preocupações iguais as que temos hoje em dia.

    Os nossos ancestrais lutavam para a família, para manter seus filhos e educá-los de acordo com as necessidades, como a caça atrás de raízes e de folhas, para alimentação de todos e tudo tinha que ter um cuidado, para que não pegassem raízes ou folhas venenosas, além da caçada de animais ferozes, violentos e enormes, dentro da evolução depois surgiram as grandes guerras tribais, lutando para ter o poder, as catástrofes do tempo e o ser humano trabalhando dentro de si, todo este medo resultando em crises nervosas que não entendiam.

    Nos dias de hoje também temos essas preocupações e mais outras que surgiram com o progresso nos dando como presente tantas esperanças e trazendo conseqüências desagradáveis à maior parte da população, para uma parte da humanidade trazendo muitas fortunas, alegrias e prazeres.

    Mas a partir do ano de 1935, o esgotamento passou a se chamar “stress” pelos grandes especialistas no assunto.

    Nada mais era do que a grande luta dos seres humanos pelo seu espaço como diria os mais antigos: “um cantinho para a gente se encostar”.

    Só que esta doença vem realmente de nossa mente castigada por tantas decepções das mais violentas e daí aumentando mais o estresse que o ser humano atual, como os antigos, não estão sabendo lutar com o esgotamento – estresse, gerando mortes cada vez mais por intermédio da violência, porque hoje o lema é “quero ter”, porém para alguns não importa de onde vem e para outra grande parte é “ter” trabalhando honestamente, acabam até conseguindo, mas por um valor muito alto.

    Contudo nos dias atuais o esgotamento e estresse já passaram para um grau mais alto, acrescentou junto deles a ansiedade que vem derrubando todos os nossos padrões normais porque com o esgotamento, com o estresse e acrescento mais a ansiedade, as pessoas passaram a terem crises violentas verbais e também de agressividade.

    E agora, estamos caminhando para a incrível “depressão” que reúne o esgotamento, o estresse e a ansiedade, a destruidora depressão.

    Mas desde o início da humanidade se tem curado as pessoas com o Magistralem Speculum, antes formado por um “Triângulo de Gravetos”, usando-o por 5 minutos três vezes ao dia e ao deitar fazendo esse exercício:

    - Colocando a mão direita no Magistralem Speculum e mentalmente abrindo um “Recanto” da seguinte maneira: primeiramente escolhe um companheiro espiritual que pode ser um Santo ou Santa, ou um guia (feminino ou masculino) de sua devoção, assim irá formar um recanto selvagem, mas relaxante, com muitas árvores (mata virgem), com insetos e animais selvagens, como ex.: onça, lobo guará, cobras, macacos, e no rio peixes, jacarés e tartarugas, com aves, como: papagaios, periquitos, araras, garças, pássaros diversos, gavião, etc.

    Um recanto de muito prazer e alegria, com morros e montanhas, uma planície com muitas flores, mas também não pode faltar a cachoeira e um morro muito especial de pedras preciosas com todos os tipos de cristais e ladeando-o para subir no seu topo formando degraus e cada degrau de um tipo de pedras preciosas, como: de cristal, de rubi, de esmeralda, de águas marinhas, de topázio, de brilhantes, de diamante e assim por diante, repetindo todos os tipos de cristais novamente até chegar ao topo do morro.

    E ao chegar em cima do morro lá tem um bom espaço para andar e irá encontrar um lençol branco com um barbado de vermelho que servirá para a cura de quaisquer doenças, de abertura de caminho para parte financeira, amorosa, familiar e profissional onde irá descobrir o seu lado empreendedor.

    Estamos aqui para lhe curar não importa se for a distância, é o que nós gostamos de fazer é ensinar para que tenha sempre uma grande evolução com muita: Saúde, Paz, Amor e Prosperidade, e temos adeptos de todas as partes do nosso mundo, e milhares já vivendo felizes por saberem viver.